HOME Multimídia

Multimídia

Fique por dentro...

Jovens durante audiência realizada na assembleia legislativa de Goiás.
Educadores e educandos do Cesam/GO vão à assembleia legislativa para participar de debate sobre violência nas escolas

 

Audiência pública realizada no início do mês reuniu autoridades e políticos locais

Por Jakeline Cristine e editado por Vinícius Melo, 15/04 às 13:23

 

No dia 03 de abril, uma audiência pública visando debater o tema “Violência nas Escolas” foi realizada na Assembleia Legislativa de Goiás, em Goiânia/GO. O evento, proposto e presidido pelo Deputado Estadual Jeferson Rodrigues (PRB), teve a participação da Gerente Socioeducativa Pastoral do Cesam/GO, Rosângela Cruz, que integrou a mesa dos trabalhos. Além da profissional, alguns dos educandos e educadores da instituição estiveram presentes no auditório Costa Lima para assistir e participar do debate.

Durante a audiência, a gerente da instituição salesiana alertou para os problemas gerados pela distribuição desigual de renda e pela falta de políticas públicas. Ela afirmou ainda ser necessário realizar um acompanhamento com os jovens, citando, como exemplo, o sistema preventivo de Dom Bosco, que ensina a eles as suas responsabilidades, os seus direitos e os seus deveres. Pensando em uma alternativa ao tema, o Deputado Estadual Eduardo Prado afirmou que irá trabalhar em projetos que visem investimentos na educação. Ao final das falas de todos os componentes da mesa, abriu-se um espaço para perguntas e colocações do público, onde quatro aprendizes do Cesam tiveram a oportunidade de expor seus posicionamentos. Os educandos deram sugestões de programas de prevenção, propuseram o aumento de profissionais especializados em psicologia nas escolas e pediram para que as lideranças escolares tomassem frente das discussões.

Após a audiência, os aprendizes retornaram ao Cesam para descrever o evento e partilhar suas opiniões sobre o tema debatido. Como resultado, os jovens elencaram vários motivos que, na visão deles, são primordiais para que aconteça casos de violência nas escolas, como o bullying, a falta de segurança pública, a individualidade e a perda valores familiares.

 

Veja e releia mais notícias: Gerente Socioeducativo do Cejomm é indicada a prêmio Sou de Niterói

Projeto do Colégio Salesiano N. Sra. da Vitória ressalta identidade capixaba